Pedale

A vida me ofereceu uma situação difícil e bem diferente do que eu estava acostumada… ela me ofereceu 4 aneurismas cerebrais e algumas cirurgias.
No começo me escondia de mim mesma, não queria me ver tão debilitada. Por insegurança e medo de lidar com opiniões dos outros 😪
Eu tinha vários motivos para levar minha vida, quietinha dentro do quarto….e eu com uma conversa longa com a psicóloga e neuro, fui descobrindo uma nova mulher, eu tive que aprender tudo de novo…. eu me ajudei!

No primeiro momento quando retomei a consciência, sem forças do lado esquerdo sem falar, sem andar, de fralda e com a cabeça raspada, eu não sabia oque tinha acontecido. Eu pensei….. aquela dor lá no trabalho, foi ela que me deixou assim…

O tempo passou, fui ficando mais independente e hoje já ando de bicicleta!
Anabelle (bicicleta) tem me devolvido o equilíbrio e força.
Eu fico muito feliz em cima dela, ela me leva onde quero, com a força da minha perna! O lado esquerdo não ficou tão forte quanto o direito; eu paro, descanso e continuo. A bike, tem sido minha força, ela entende quando caem lágrimas de felicidade lembrando de tudo oque passei. Eu sobrevivi!!
Pedalar me leva ao encontro do meu limite. É muito bom sentir isso!

O tempo passou, e consegui tudo que tinha pra fazer com relação as sequelas; não que elas não existem, mas eu consigo ter minha independência e consigo ver e sentir a sentir a felicidade depois do pedal e dizer “”consegui mais uma vez”
As sequelas neurológicas ainda existem, mas ainda faço exercícios para o cérebro, como caça palavras, contas entre outros.

Fé e esperança! Essas palavras sempre andaram comigo! Acredito eu, que Deus me levou pelo caminho mais longo não pra me punir, mas pra me preparar e aprender a ser forte!

Converse com seu médico (sempre falo isso) só ele pode mostrar o caminho certo! Não tomem remédios por conta própria.
Não se apresse, não se apavore.
Depois do Avc ou Avch, você tem um longo caminho pela frente. Não desista, vc consegue!
Alguém pode se espalhar em você!
Dani, sobrevivente!

Publicado por

Dani Rodrigues

Muito prazer sou a Dani! Taurina nascida no dia 11 de maio, na melhor de todas as décadas...de 80!!! Católica com uma fé que não cabe dentro de mim! Sou casada e tenho uma linda família, um filho, marido e quatro gatinhos!!! Venci 4 aneurismas cerebrais aos 40 anos e gostaria de compartilhar com vocês um pouco da minha historia e das minhas batalhas e te mostrar que é possível e o que é preciso para ter essa vitória!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s